08 janeiro 2010

Fashion Rio


                     Desfile de Victor Dzenk


Hoje o Fashion Rio foi "a" notícia. 
O desfile começou com Victor Dzenk, que se inspirou na mitologia  grega, com tecidos leves remetendo as deusas,  com estampas que davam a idéia de ruínas arqueológicas e de folhas de parreira.
Giulia Borges, mostrou sua coleção esbajando do preto e branco. Segundo o site G1: "a grife deu destaque para a união de elementos opostos". Observei que a grife demonstrou esse contraste, evidenciando a desconstrução de algumas regras, como a de tecidos que tem mais caimento. Usou muita transparência, e também tecidos que davam idéias de couro, que junto com toda a informação, formou um conceito interessante.
A segunda grife foi a MelkZda, com isnpiração na carpintaria, com estampas e texturas super haver com o tema.
E por ultimo a Auslander, que fez um desfile (com o perdão da palavra) fodástico! Com inspiração no rock gótico e no sadomasoquismo, super descontraído, e peças com um ar de folgadinhas. As cores predominantes foram, prata, preto e branco.
E esse foi um resuminho do primeiro dia da fashion rio! Até o próximo post! :*