25 outubro 2010

O brega, agora e sempre, é moda.

Nas ruas,  tudo que é visto, já foi visto antes com outra concepção de tempo.
A questão de ser ou não "demodè" é tão fora de contexto quanto sugere o termo, acontece que na sociedade o assunto é outro.
É comum ouvirmos comentários ofensivos, as vezes quando vemos alguém na rua com uma roupa que não condiz com os padrões de moda atuais da década. Ocorre que com isso nos tornamos hipócritas e contraditórios, pois como já foi dito no início do texto, tudo que usamos já foi usado de outra maneira, com outra roupagem. O fato é que ridicularizar alguém por esses motivos descritos  acima, nos tornam superficiais e incoerentes por conta disso.
A respeito dos shorts clochard que vemos na imagem do texto de hoje e em algumas pessoas na rua, ele é alvo de muita polêmica; primeiro por ser uma peça que muito se assemelha com as que foram usadas na década de 80, tornando-o assim "roupa de antigamente", e sucessivamente, objeto de atenção de olhares tortos por aí. Essas atitudes são bastante comuns, principalmente na moda, quando tudo é muito novo, mas essas atitudes precisam tomar outro rumo, pois podem virar preconceito visual. Há pessoas que ignoram outras pelo modo que elas se vestem, o que torna incompreensível a capacidade humana de desprezar o outro pelo modo com que ele se apresenta. 
Moda e sociedade andam juntas, é um processo que desencadeia outros maiores, sejam esses bons ou ruins. Podem causar desde de doenças psicossomáticas, até a um bem estar supremo, auto-aceitação plena e assim por diante. O exemplo que mostro, dos shorts clochard, expõe apenas um elemento do vestuário que pode causar bastante polêmica por aí, portanto leitores, vamos tomar cuidado com o que pensamos e com os julgamentos que impomos aos outros em relação a moda e outros assuntos. Uma visão mais respeitável e harmoniosa mudam muitas coisas internas, e no nosso caso, externas também.

Passeata Feminista

Tirem suas próprias conclusões.